Contos,Crônicas e Poemas de Ed.
Literatura, a arte que liga as pessoas o mais distante que elas estejam.
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

Dedicatória
Estante do Poeta

Entre os livros de minha estante
Há cantos juntados aos meus instantes
Em Fagundes, Cecília e Pessoa
De desencantos, amores e dores

A conversar entre si sobre o amor
O que pôs a se perder pela noite
O que vingou pelos cantos
E o que falou de si

Eles debatem sobre mim
A respeito da minha forma de grafar
Do meu peculiar
E da minha inspiração

A se tornar parte deste encontro
Minhas letras pedem escusas
Por cantar versos de amores tantos
Destinados à minha musa

E haverá outros em cantos seus,
Estrofes a lhe pertencer:
“ A Dona do Meu Coração”
e “Trouver”

Através desses versos, dedico esta literatura à minha fonte de inspiração Alice, uma formosa criatura, tão bela quão inteligente. Aquela que seu retrato faz coadjuvante a natureza, onde até a nuvem se esconde para o céu expor sua beleza.
Ed Ramos
Enviado por Ed Ramos em 15/07/2018


Comentários