Contos,Crônicas e Poemas de Ed.
Literatura, a arte que liga as pessoas o mais distante que elas estejam.
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

Ladra

Um beijo foi  roubado
Com atitude lá no tê do asfalto
E eu não pude fugir
Com as mãos para o alto

A gata escapou para a direita
Mas deixou cá uma pista
Uma digital perfeita
e o DNA da salada mista

Cadê a gatuna devassa?
Que teve a  boa coragem
De roubar-me aquele beijo
Com tanta autoridade

Estava debaixo da saia
Da sua mãe protetora
Que não viu a sua cria
Atacar de sedutora

A seguir o seu cheiro
Descobri o seu paradeiro
E me tornei seu escravo,
Ladra que ladra e morde
Ed Ramos
Enviado por Ed Ramos em 16/11/2018


Comentários