Contos,Crônicas e Poemas de Ed.
Literatura, a arte que liga as pessoas o mais distante que elas estejam.
Capa Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
A Deus
A Deus

Nascera no auge da primavera
Uma flor entre as gigantes relvas
Uma espécie única e airosa
Admirada pela natureza

Às beiradas do Velho Monge
resistira à cheia e à seca
e vira o vento soprar seu odor
aos ares dos carnaubais

O vento que descera o mar
Carreara a flor à capital
e o sol da mata de pedras
mantivera a sua cor natural

Uma flor nobre de longas saias
Avolumadas anáguas e robusto gineceu
Uma flor feminina que encantara
a flor de bronco androceu

E no inverno nasceram flores
A cada década, ramos de Ramos
Era o pomar no Jardim
E o regozijo da flor

Em um verão Deus a colhera
para que não mais veja o murchar
Dormira então o corpo da flor
do passado mais que perfeito

      

Ed Ramos
Enviado por Ed Ramos em 26/04/2018
Comentários