Contos,Crônicas e Poemas de Ed.
Literatura, a arte que liga as pessoas o mais distante que elas estejam.
Capa Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Mãe, Um fenômeno de Ser
       MÃE, UM FENÔMENO DE SER, CARREGOU-ME MESES EM UM LUGAR SAGRADO CHAMADO DE LUGAR ABENÇOADO, PROTEGEU-ME DE COISAS TANTAS, PRUDENTE, PRIORIZAVA O SEU BEM ESTAR. TRATAVA EM DEMASIA O SEU CORPO PARA PODER COMIGO DORMIR EM PAZ, COBRIA-SE SE A NOITE FOSSE FRIA COM UMA COLCHA DE CROCHÊ PARA A NOITE INTEIRA ME PROTEGER E SE A NOITE FOSSE QUENTE SE BANHAVA LENTAMENTE EM UMA CHUVEIRADA PARA QUE EU DENTRO DE SEU VENTRE PUDESSE ME REFRESCAR.

MÃE, UM FENÔMENO DE SER, DEU A LUZ EM UM LUGAR SAGRADO, PRECÁRIO, PORÉM ABENÇOADO POR UMA PARTEIRA ENVIADA DO SENHOR QUE TEVE A DESTREZA DE UM DOUTOR. NO TOPO DE UM TERRENO BARRENTO EM UMA PEQUENA CASA DE MADEIRA, O ÚNICO LAR DISPONÍVEL NO MOMENTO, INICIAVA-SE A CHORADEIRA DO MENINO QUE AO COLO DA ENFERMEIRA PARTEIRA APRECIAVA AQUELA MULHER ANIMOSA AO CALAR SEU CHORO POR ALGUNS SEGUNDOS
E COM SEUS OLHOS FALAVA BAIXINHO:

- É A MAIS LINDA MÃE DO MUNDO!
Ed Ramos
Enviado por Ed Ramos em 27/04/2018
Comentários