Contos,Crônicas e Poemas de Ed.
Literatura, a arte que liga as pessoas o mais distante que elas estejam.
Capa Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
                                 Meu Zagueiro

     Ao vê-lo da arquibancada, construo um turbilhão de críticas refutadas com jogadas místicas que me faz repesar. Lembro-me dos gols de falta a tão longa distância que contra o terrível “Tigres” a bola saiu com tanta arrogância que arqueiro ficou sem ação e humilhado empacou-se travado no chão.
     A precisão de seus passes é peculiar e somente você é capaz de acertar aquela virada de bola no “Alzirão” e o peito do lateral em ascensão. Tu tens a quem legar, na chegada junta ao calcanhar, no jogo feio e até nos chutões.
     Em todas as suas reações, admiro uma coisa diferente,  não interessa o adversário, não importa a localidade, pois tens liderança e tranquilidade e em tempo algum  foges do páreo.


 
Ed Ramos
Enviado por Ed Ramos em 29/04/2018
Alterado em 29/04/2018
Comentários