Contos,Crônicas e Poemas de Ed.
Literatura, a arte que liga as pessoas o mais distante que elas estejam.
Capa Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Meus Pais
                                       Meus Pais

Meu Pai, um guerreiro campeão foi desamparado pelos parentes, de modo que se tornara um pequeno órfão, todavia fora protegido pelo criador da gente. Nas ruas do Rio Antigo, pedalava do seu abrigo ao desapiedado provedor. Deus lhe deu sabedoria e Edison perdoava o malfeitor.
Antônia, um notável anjo nordestino, concedeu-lhe bodas e afeição, o tratou como um menino a lapidar o seu coração. Deu-lhe filhos e netos, um lar abençoado, um ordenado perpétuo e um teto bem-aventurado.
Obrigado, Meus pais, pelo legado que me fora deixado, pela hombridade no meu comportamento e pela resposta de DEUS aos meus lamentos.
Ed Ramos
Enviado por Ed Ramos em 29/04/2018
Comentários